PSD ( 7)

O partido foi o mais votado nas últimas legislativas,, mas parece que existe agora um consenso sobre  a necessidade  uma nova social democracia, de um novo partido, de novas caras. O que conta é o poder: quando as vacas não vão aos bois, ou foram antes ou vão depois.
Tenho escrito que existe anomia na direcção, é verdade, mas trocar uma tendinite por um osteosarcoma não é uma boa opção.

Fazer-se a  renovação com pessoal político batido em casacas viradas, no circuito da carne assada, nos lugares em Estraburgo, nas  empresas municipais, nas questões pessoais  e nas Jotas é papa para bertoldos.

As coisas são o que são e Passos  podia bem fazer um Opções Inadiáveis au contraire. Dividia o partido e o grupo parlamentar entre os novos humanistas e os rezingões. Este resto de legislatura seria melhor aproveitado.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A paz de Tyrnau

PSD ( 9)