Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2018

Intervalo

Psycho killer ( 9)

Como posso redimir-me dos erros? O que está feito, está feito: e agora?
Há muito melhores do que eu. Uma religião - a psicanálise - e várias  indústrias do pecado - as religiões do livro. Ainda assim, olha que a culpa não merece à má fama. É um  traço humano, demasiado humano. Imaginas a  leoa arrrependida de ter escalavrado  uma zebra ou o teu computador a pedir-te desculpa por ter avariado?

Psycho killer ( 8)

Se frustramos os nossas pulsões sexuais ficamos neuróticos: não era isso que ensinava o Freud? 
Bem, por outro lado, se dás largueza às tuas  pulsões vais preso e ainda reprimes mais as tais  pulsões. Os macacos já usavam ferramentas, mas não chegaram aos telemóveis. Ou seja, cada um escolhe as suas repressões. Ao  Freud, por exemplo, não se lhe conheceu maluqueiras: esteve casado toda  a vida de chinelos nos pés e uma catrafada de filhos  à mesa. Um neurótico.

Psycho killer ( 7)

Tenho de estar  sempre a dizer-lhe que gosto dela? Ela não sabe já? Isto está a dar cabo da cama, da relação, de tudo.
Os aparelhos auditivos ainda não são  sex toys, julgo. Por outro lado, tenho a leve impressão de que só quando queres cambalhota é que  te dá para a confidência, não é? Pois, bimbo, mas fixa isto: quando ela perceber que só gostas dela naqueles dias, é capaz de lhe dar para a variação. Se é só para petiscar, ela arranja melhor do que massa com atum.

Psycho killer ( 6)

Mandaram-me falar consigo. Como se  a psicologia pudesse resolver  as minhas dívidas.
Uma resolve já, porque não sais daqui sem pagar.  Quanto às outras, reconheço a dificuldade. Mudemos de assunto: tenho muita gente desesperada com os calotes que lhe pregam. No ano passado, um tipo impecável, ja velhote, enforcou-se: nada dependia dele.

Psycho killer ( 5)

O que é a depressão? Como sei se estou infectado?
É deprimente não saberes. Um russo definiu-a de uma penada: é nas vésperas das grandes batalhas que dormimos melhor.

Psycho killer ( 4)

Não reconheço este mundo de hoje, é  horrível,  egoista, amoral. Sinto-me  um peixe  fora de água.
O Mao dizia que se o guerrilheiro é o peixe,  a água  são os camponeses. O teu mundo de velho é uma perfeição  de memórias escolhidas.  Aprende  a nadar, companheiro; ou muda de aquário.

Psycho killer ( 3)

O meu filho  cresceu e afastou-se de mim, já não é carinhoso, parece um estranho. Dei-lhe tudo e  ele era só o que  eu tinha. 
Quando te separaste, disse-te várias vezes para arranjares  alguém: um homem, uma mulher, um cyborg.  Respondias  que já não confiavas em homem nenhum. Ainda não tens idade para o lar. Vai para  a hidroginástica e à noite para o Tinder.

Psycho killer ( 2)

A tua infância foi infeliz. Os  teus pais discutiam, a professora  puxava-te as orelhas, a Renata  Soaraia não te ligava pevide, eras gordo e gozavam contigo. Agora, na  meia-idade,  concluis que isso te estragou  a vida.  Não tens razão. Cresceste e envelheceste com a melhor desculpa  de todas para ser um imbecil: nada te acontece que não te tenha acontecido antes.

psycho killer ( 1)

Estás ansiosa, o ar falta-te, as mãos tremem-te? Podes ter um ataque de pânico, mas também podes ir varrer o chão ( há sempre  migalhas). Chocada com a sugestão? A crise de pânico é  a tua birra adulta diante de papás  invisíveis. O chão e as migalhas, por sua vez, são reais.