Estratagemas e métodos:


1) O estratagema é contado por Boris Pahor. Agarravam na  etiqueta  com o número do condenado ( libertado  na linguagem nazi)  e  colocavam-na do dedo grande do pé de um corpo já lavado e pronto para o crematório. Quando o SS  pedia a lista da morte, já o condenado estava em trabalhos  algures no exterior do campo de Natzweiler-Srtuthof.
É tão simples. Se te libertam,  morres; se morres, libertas-te.



 2) "Entre a perda do Brasil e a conferência de Berlim estivemos primeiro entretidos  a arrumar a casa por um sistema  conhecido em política: o método das desarrumações sucessivas que acaba por triunfar pelo cansaço.  Foi o nosso trabalho de 1820 a 1850".

( Emídio Navarro,  conferência proferida no Salão Nobre da Academia das Ciências, Lisboa, 25 de Novembro de 1940)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Tatoo you

A paz de Tyrnau

PSD ( 9)