O tempo irreparável ( 4)

Dizia Rousseau, respondendo aos críticos:  se o homem é naturalmente mau, as ciências só o  tornarão pior. Curioso  é Rousseau reconhecer que nem todas as ciências são salutares. Habita aqui o célebre princípio da corrupção. Pois bem, a ciência do tempo pode fazer-nos muito mal.

Um dos pressupostos malignos é o da apropriação. Tenho tempo. Não, não tens.  Ganhas  a lotaria, compras uma mansão, deixas de trabalhar. Tens o tempo todo para ti? O teu pâncreas  discorda e em breve  passas  a medir o tempo pela duração das sessões de quimioterapia .


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Tatoo you

A paz de Tyrnau

PSD ( 9)