Sinais ( 8)

A cria mais nova está no primeiro ano de psicologia. Pergunta-me  a diferença entre um sociopata e um psicopata. Respondo-lhe que não sei. Fica meia desiludida. Ofereço-lhe um conselho: se queres aprender alguma coisa de psicologia, lê os críticos da coisa. Lê Focault, lê os movimentos anti-psiquiatria dos anos 70, lê o Szasz. Caso contrário ficas um papagaio.

Eu sei, quando estamos a aprender queremos tudo arrumadinho, em quadros e tabelas. Também já fui assim ( nos intervalos  do deboche) , não esqueço. Papagaios seniores dão-nos um mundo  impecável de ceretezas, aquilo que na antroplogia se chamava ciência de varanda ou de alpendre ( versão lusa). Depois falhamos e crescemos.

O Estado Novo  impediu que João dos Santos tivesse formado mais gente em Portugal. Ainda estive com ele uma vez, em casa do meu cunhado Carlos Amaral Dias, mas foi sobretudo  a lê-lo - os livros com João Sousa Monteiro e os trabalhos sobre patologias infantis - que desemburrei.  É uma pena que os papagaios seniores não disponibilizem às  novas gerações de psicólogos a curiosidade insaciável do João dos Santos: se não sabe por que é que pergunta?




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Tatoo you

A paz de Tyrnau

PSD ( 9)